SBT se “aproveita” da recaída de Léo Dias e reprisa programa onde ele fala de sua luta com o vício em cocaína

Segundo o colunista Ricardo Fesltrin, no UOL, numa atitude que pode ser considerada bastante oportunista e pouco sensível, o SBT decidiu reprisar o “Conexão Repórter” que Roberto Cabrini fez com o apresentador Léo Dias no ano passado.

Na semana passada o apresentador teve uma recaída nas drogas após curto tratamento. Ele se afastou temporariamente da apresentação do “Fofocalizando”. O assunto virou notícia em todo o país.

Em outubro de 2018 o “Conexão” com Léo foi ao ar no SBT. Importante dizer: foi um dos programas mais emocionantes exibidos na TV nos últimos anos. Bem-feito, não apelativo, didático, enfim, excelente conteúdo ao telespectador.

Cabrini mostrou a luta de Léo contra o vício em cocaína, que havia se agravado nos meses anteriores. E como ele estava tentando se reerguer.

O principal fornecedor de conteúdo do “Fofocalizando” estava então fazendo uma tentativa de tratamento com ibogaína, uma droga (feita com uma plantas africana) que vem sido usada com adictos em crack e cocaína com relativo sucesso.

Léo chegou a ficar cerca de cinco meses “limpo” até recair.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!