“Segura a tua onda que a gente aguenta as pontas”, dizem “instituições” ao bolsonarismo. Por Luis Felipe Miguel

Publicado originalmente no perfil do autor

Por Luis Felipe Miguel

Daniel Silveira e Flávio Bolsonaro, exemplos do recado das “instituições” ao bolsonarismo

Num dia, o STF determina a prisão do deputado, por falar as mesmas coisas que Bolsonaro sempre falou.

No outro, o STJ anula toda a investigação sobre a rachadinha e garante a impunidade de Flávio Bolsonaro.

A estratégia das “instituições” é promover uma acomodação com o governo. Educá-lo, por assim dizer, com punições e incentivos positivos. Permitir seus malfeitos, mas dentro de certos limites.

O recado é claro: “segura a tua onda que a gente aguenta as pontas”.

Mesmo que dê certo – o que está longe de garantido – o resultado é a continuidade da degradação acelerada da vida pública, que testemunhamos no Brasil por tantos anos.