Seleção de futebol sobe ao pódio com símbolo da Nike e esconde patrocinador da COB

Seleção brasileira de futebol sobe ao pódio com agasalho oficial amarrado na cintura. Foto: Reprodução

Após a vitória por 2 a 1 contra a Espanha na final do futebol masculino em Tóquio, os jogadores da seleção brasileira subiram ao pódio exibindo o logo da Nike e omitindo o símbolo da marca Peak, patrocinadora oficial da COB (Confederação Olímpica Brasileira).

O símbolo da empresa chinesa estava estampado no agasalho, que os jogadores usaram amarrado na cintura, e o logo exposto foi o da Nike, que patrocina o time e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Leia também: Nike anuncia fim do patrocínio a Neymar, que já durava 15 anos

Por patrocínio, comitê brasileiro usa Havaianas em cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos

Somente na calça dos futebolistas era possível ver a imagem que representa a marca.

A Peak ofereceu o vestuário para todos os 301 atletas que competiram na Olimpíada de Tóquio, mas só 24 utilizaram os uniformes do Time Brasil e 28 confederações optaram por fornecedores individuais.

Os uniformes utilizados nas cerimônias são padronizados, a liberdade para escolher o patrocinador se dá somente durante a competição.

A COB obriga todos os atletas a usar o uniforme do patrocinador oficial na Vila Olímpica, viagens, pódios e cerimônias de abertura e encerramento.

A escolha da seleção de futebol deve render processo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!