Sem emprego na TV, ex-CQC larga tudo e tenta reconstruir carreira nos EUA

Segundo publicação do Noticias da TV, Rafinha Bastos está trabalhando para firmar seu nome nos Estados Unidos. Em maio, ele se mudou para Los Angeles, na Califórnia, onde está relançando sua carreira de comediante. Longe da TV aberta desde o fim do Agora É Tarde, em 2015, o apresentador de 41 anos faz graça com a própria vida em shows de stand up para um público que desconhece sua trajetória no Brasil.

“Vim para os Estados Unidos para fazer comédia. Recomeçar a carreira. É duro… Mas é f*** demais. Poder fazer isso depois de tantos anos de estrada… Em outra língua… É assustador e, ao mesmo tempo, excitante”, disse Bastos em um post no Instagram, no início de sua jornada nos Estados Unidos.

Hoje, ele vê vantagens em se expor diante de um pessoas que nunca ouviram falar de seu histórico na mídia.

“É incrível [me apresentar num lugar onde ninguém me conhece], como se eu tivesse oportunidade de recomeçar algo que eu gosto de fazer com a experiência de saber o que fazer. É como se recomeçasse um pouquinho mais na frente. É muito bom subir no palco sem que ninguém saiba quem eu sou, não tem expectativa”, conta ele, em entrevista ao Notícias da TV.

Bastos tem feito shows em casas de stand up de Los Angeles. Todas as suas apresentações são em inglês e tratam de temas de sua vida, como a paternidade e a separação _ele terminou seu casamento de 13 anos em março do ano passado.

“Americano é muito habituado a ver pessoas do mundo inteiro falando inglês de forma diferente. Meu desafio foi transformar a comédia em algo compreensível, ficar confortável. Faço muita piada sobre não falar bem inglês, troca de palavras. E falo também da minha separação, paternidade, vida de solteiro. Não estou só me apresentando [para o público], muita coisa que escrevi é universal”, afirma.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!