Silas Malafaia é Pat Robertson cuspido e escarrado

Quem é o televangelista americano citado no New York Times como modelo do tenebroso pastor brasileiro.

Malafaia
Malafaia

Eis que Silas Malafaia saiu no New York Times (houve tempo em que isso era uma glória, mas anyway). Grosso modo, Malafaia repete as barbaridades de sempre, apenas com uma ou outra novidade. Conseguiu xingar a jornalista Eliane Brum de “vagabunda”, se orgulha de ser o inimigo número 1 dos gays no Brasil e blábláblá.

(Malafaia tentou se desculpar da jornalista depois: “Na verdade, mencionei a palavra ‘vagabunda’ para qualificar o caráter do artigo escrito por ela, intitulado ‘A dura vida dos ateus em um Brasil cada vez mais evangélico’, o qual era preconceituoso. De forma nenhuma me referi ao caráter da jornalista”.)

O repórter do Times não foi atrás de uma informação relevante: o Mercedes do pastor era “presente de um amigo” (que amigo generoso?). Mas ali no meio o especialista em religiões da América Latina Andrew Chesnut compara o religioso ao televangelista americano Pat Robertson.

Quem? Por que não ouvimos falar de Robertson antes?

Malafaia é Robertson cuspido e escarrado. São irmãos na capacidade aparentemente infinita de enganar pessoas, ganhar muito dinheiro, no projeto de poder – e, principalmente, na habilidade de ofender tudo e qualquer um que não se coadune com sua visão estúpida e estreita.

Robertson é dono de um império de mídia calculado entre 200 milhões e 1 bilhão de dólares. Aos 83 anos, ele é ex-ministro de uma igreja batista. É chairman da Christian Broadcasting Network, CBN. Autor de diversos bestsellers e apresenta um programa chamado The 700 Club, seu império abrange a Ásia e a África – onde fez um acordo com o ditador da Libéria, Charles Taylor, para explorar as minas de diamante locais.

Você talvez nunca tivesse ouvido falar de Robertson, mas ele já ouviu falar do Brasil. Numa reportagem do ano passado, a CBN afirmou que os movimentos evangélicos no Brasil eram a melhor coisa acontecendo no cristianismo do século 21. A reportagem diz que os cristãos brasileiros aprenderam a votar, o que tem levado a inúmeras mudanças na sociedade. Segundo a CBN, religiosos de outros países têm vindo para cá, “pagando fortunas”, a fim de presenciar os milagres dessas igrejas. “Em 2020, os evangélicos serão metade da população”, afirma o apresentador.

Robertson, como Malafaia, é um poço de ignorância do qual jorram absurdos. Veja se você não enxerga um parentesco:

. “O controle parental é uma maneira de ensinar as crianças a fornicar, as pessoas a cometer adultério e estimular todo tipo de bestialidade, homossexualismo, lesbianismo – tudo o que a Bíblia condena”.

. “Se Chávez pensa que queremos assassiná-lo, deveríamos ir em frente. É muito mais barato do que lançar uma guerra.”

. “Os cananeus eram muito maus. Adoravam ídolos em lugar do verdadeiro Deus, sacrificavam suas crianças, praticavam o homosexualismo, bestialismo e adultério. Deus mandou que os israelitas os matassem todos, homens, mulheres e crianças. Isto parece terrível e cruel. Mas vamos imaginar que houvesse 2 mil, 10 mil deles. Se deixados vivos, eles se reproduziriam e em 50 ou 100 anos seriam 100.000, 1 milhão e todos eles teriam que ir para o inferno. Mas Deus, em seu amor, levou-os enquanto eram poucos para não ter que levar muitos depois.”

. “O que houve no Haiti [o terremoto] foi castigo de Deus… Há muito tempo, eles juntaram-se e juraram um pacto com o diabo. Foi no tempo de Napoleão III, ou algo assim. Prometeram servi-lo se ele os ajudasse a livrarem-se dos franceses. O diabo disse: ‘Ok, temos um acordo!’ Desde então eles sofrem maldições… uma atrás da outra”.

. “Sei que é difícil para as mulheres ouvir isso mas, quando elas se casam, estão aceitando a liderança de um homem, seu marido”.

. “A agenda feminista não trata dos direitos das mulheres. Elas querem o socialismo, um movimento antifamiliar que encoraje as mulheres a deixar seus maridos, matar seus filhos, praticar a feitiçaria, destruir o capitalismo e virar lésbicas”.

. “Muitos daqueles que se envolveram com Adolf Hitler eram satanistas e homossexuais – as duas coisas parecem andar juntas”.

Robertson tentou concorrer à presidência dos EUA em 1988 pelo Partido Republicano. Perdeu a indicação para George W. Bush. No Brasil, se os deputados evangélicos fossem de um mesmo partido, seria o terceiro maior. Enquanto você não prestava atenção, eles chegaram lá.

Pat Robertson
Pat Robertson

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!