Sertanejo Zé Neto usa gestos homofóbicos para zombar do uniforme do São Paulo

O cantor Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano, perdeu uma aposta durante a sua live do último sábado (5) e precisou vestir uma camiseta do São Paulo. Porém, o que era para ser apenas uma brincadeira, acabou se tornando um ato homofóbico, já que o cantor, que é palmeirense, começou a reproduzir estereótipos para afirmar que os são-paulinos seriam afeminados.

A piada com o time paulista não vem de hoje, mas quem realmente sofre com esse tipo de brincadeira são as pessoas LGBTQIA+, já que ela é feita justamente na tentativa de mostrar que os trejeitos seriam um demérito.

Depois da repercussão negativa, ainda durante a live, o artista pediu desculpas afirmando “ter familiares e amigos gays” e ainda completou dizendo não ter preconceito com quem “tem qualquer outro tipo de opção”.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!