Sleeping Giants repercute retirada do DCM de lista de sites de fake news; inclusão absurda está sendo investigada

O Sleeping Giants Brasil, perfil de Twitter e Instagram que denuncia propagadores de fake news, fez uma postagem necessária na noite desta sexta, 5.

Compartilhou a notícia de que o DCM foi retirado da lista de sites que espalham notícias enganosas (no pé deste artigo).

A inclusão absurda do Diário do Centro do Mundo foi assinada por uma consultoria que aplicou critérios suspeitos envolvendo matérias contestadas por agências de checagem.

(Quem checa os checadores?)

O DCM recorreu à relatoria da CPMI e a justiça se restabeleceu.

O relatório ainda continha nomes como Tijolaço, Revista Fórum e até a centenária Gazeta do Povo.

Cui bono? Quem ganha com isso?

Quem vazou a lista para o Globo — que não nos ouviu para publicar reportagem sobre a listagem?

Interessa à velha mídia, que tenta emplacar a narrativa da equivalência entre nós, que praticamos jornalismo, e cloacas difamadoras como Terça Livre e que tais.

Interessa também a políticos como, por exemplo, Ciro Gomes, que está sendo processado pelo DCM por mentir de maneira delinquente sobre nós.

Ciro tem repetido uma ladainha de que faríamos parte de um “gabinete do ódio da esquerda”.

Um documento desses lhe seria muito útil.

Ainda estamos investigando essa manobra. Muito virá à tona ainda.

Temos, do nosso lado, o profissionalismo, a verdade, a credibilidade e o apoio de milhões de leitores que nos prestigiam e que confiam num trabalho feito com seriedade, diligência e amor.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!