Sobre a entrevista de Villas Bôas: Lula tinha razão e o STF estava “acovardado”. Por Afrânio Silva Jardim

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Em seu Facebook, o professor Afrânio Silva Jardim comentou sobre a confissão de Villas Bôas, comandante do Exército, de que a corporação esteve “no limite” no julgamento de Lula no STF em abril 

Agora não pode haver mais dúvidas:

1) Lula é um preso político;

2) Lula estava certo: o STF estava “acovardado”.

Acho tudo isto um absurdo. Passados tantos anos do fim da ditadura militar, ainda vivemos sob a tutela das “Forças Armadas”!!!

Não podemos viver eternamente sob ameaça da força. “Democracia tutelada” não é democracia…

Se os militares não conseguem viver em uma sociedade verdadeiramente livre, que venham novamente; prendam e matem os brasileiros politicamente mais conscientes.

Se os militares não conseguem conviver com a adversidade e com o pensamento contrário, que venham e “prendam e arrebentem”, na expressão de um general ex-presidente.

Ao menos toda a comunidade internacional ficará sabendo das “forças ocultas” que dirigem a nossa sociedade civil.

Ao depois, no médio prazo, vão se submeter a novas “Comissões da Verdade”. Meus netos estarão lá…

Nenhum governo de força se eternizou, conforme demonstra a história.