“Sodomitas”: Bolsonaro usa o biltre Roberto Jefferson para atacar o STF e é espantoso que ele esteja solto

Roberto Jefferson

É espantoso que Roberto Jefferson não esteja preso no bojo das investigações das fake news ou dos atos golpistas.

O sujeito é uma usina de mentiras e faz parte da correia de transmissão do lixo bolsonarista.

Jair Bolsonaro não ataca o Supremo porque não precisa — há um canalha como o presidente do PTB para fazer o serviço sujo.

O corrupto confesso virou notícia hoje com um vídeo abjeto em que acusa ministros do STF de “sodomitas”.

A homofobia de varzeano é acompanhado do riso doentio de outro porco de um canal de extrema direita denonimado “Questione-se”.

Jefferson chama Edson Fachin de “Cármen Miranda”, Barroso de “Lulu Boca de Veludo”, Gilmar Mendes de “Sapão” e Fux de “Beija Pé”.

Segundo ele, Fachin foi indicado ao STF por Joesley Batista, da JBS, e percorreu gabinetes do Senado pela mão do “homem da mala” da empresa, Ricardo Saud, afirma.

Eles são um “monturo de lixo” e as pessoas vomitariam se pudessem assistir as reuniões reservadas.

Esse sujeito convidou o presidente da República para ingressar em seu partido.

Oswaldo Estáquio, o propagandista que foi preso no caso das fake news por ordem de Alexandre de Moraes, já se filiou.

No momento em que digito estas mal traçadas, esse pulha está detonando a corte e seus integrantes.

“Vemos um novo paradigma de brasileiro: violento, intolerante e sociopata”, disse Zeca Baleiro. Roberto Jefferson é o herói desse Brasil.

Espera-se que STF se mexa a respeito desse biltre. Ou a lei só vale para Sara Winter e seus 30 paspalhos? 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!