‘Sou casado há 41 anos’, diz Datena sobre acusação de assédio sexual

Datena. Foto: Divulgação

O apresentador José Luiz Datena foi acusado de assédio sexual pela repórter Bruna Drews, que trabalhou durante anos no Brasil Urgente. Na denúncia feita ao Ministério Público de São Paulo (SP), ela afirmou que o jornalista teria lhe dito que ela não precisava emagrecer porque já “era muito gostosa”.

No entanto, segundo o TV Foco, Datena nega todas as acusações, e em entrevista à jornalista Keila Jimenez, ele afirma: “Isto é calúnia. Sempre elogiei esta moça ao vivo no Brasil Urgente, como faço com outros repórteres homens e mulheres, pela beleza e competência acima de tudo. Ao vivo pra todo Brasil”.

“Ela há muito tempo vem pedindo vários afastamentos por motivos psicológicos, alegando problemas de família, pessoais e trabalho. Sempre a apoiei como faço com os profissionais com quem trabalho e ela me agradeceu pessoalmente, por isso, nos poucos contatos que tive com ela na Band (foram raras às vezes que conversamos fora do ar)”, explicou.

“No programa ‘A Fuga’, que fazia parte do ‘Agora é com Datena’, ela estava visivelmente mais magra e perguntei na frente de todos se estava com problemas. Ela disse que sim e iria procurar ajuda médica. Passou mal durante as gravações que mandei parar para que ela fosse atendida e retomar outro dia que estivesse melhor”, continuou.

“No final das gravações deste programa, dias depois no Bar do Tônico, com boa parte da equipe, reiterei a ela que era bonita e competente e que não precisava emagrecer mais para trabalhar em TV, preocupado com sua saúde”, afirmou ainda.

(…)

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!