“Supresa” de Bonner era propaganda mentirosa e babaca do Jornal Nacional

Quem não gosta de Willian Bonner diz que como jornalista ele é um excelente publicitário.

Valendo-se das redes sociais, fez suspense desde cedo sobre uma “revelação” que faria na bancada do Jornal Nacional e, com isso, atraiu a atenção da imprensa e do público.

Ele sabe que em tempos de Big Brother da vida real, facilitado pelas redes sociais, é muito fácil chamar a atenção de seus seguidores e de seus antipatizantes: um post enigmático basta para despertar a curiosidade das pessoas e com isso atrair curtidas, follows, retuítes e audiência para seu programa.

Um tuíte como esse abaixo reflete o estado de ânimo nas redes hoje:

Claro que qualquer pessoa que conheça uma pouco sobre a TV Globo sabe que não poderia se esperar nada de bombástico da ‘revelação’ prometida para hoje. As redes sociais especularam de tudo: de aposentadoria à retirada da barba.

Nada disso.

Foi apenas o lançamento de uma campanha “humaniza” os jornalistas da Globo. Para uma emissora que tem tamanha tradição em teledramaturgia, não deve ser difícil saber o que emociona as pessoas. O próprio choro de Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional hoje, ainda que sincero, pode ter sido considerado como ‘desejável’ pelos responsáveis pelo golpe de marketing.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!