Suspeito de matar ex-namorada a facadas em Blumenau é bolsonarista

Na manhã desta quinta (26), uma mulher de 27 anos, identificada como Daiana dos Santos da Silva, foi morta a facadas em Blumenau, Santa Catarina.

Eduardo Siqueira, seu ex-namorado, é bolsonarista e principal suspeito de ter cometido o crime.

Segundo informações da Polícia Militar, a mulher chegou para trabalhar em uma salão de beleza às 9h e, ao estacionar a moto e tirar o capacete, teria sido surpreendida por Eduardo — com quem rompeu um relacionamento há pouco tempo.

Daiana levou diversas facadas na região do pescoço e do tórax, não resistiu e morreu no local.

Nas redes sociais, Eduardo aparece com filtros de apoio ao presidente Jair Bolsonaro e repercute falas de bolsonaristas como Ricardo Salles, Bia Kicis e Sikêra Jr.

Ele teria saído sujo de sangue do estabelecimento, chegou a fugir em uma motocicleta, mas foi preso pela PM e encaminhado à Central de Polícia. Eduardo teria 33 anos, conforme informações iniciais.

Daiana era modelo fotográfico e cabeleireira especialista em cabelos cacheados e crespos. Além disso, publicava vídeos nas redes sociais em que valorizava a identidade da estética negra.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!