“Tem que ter um basta para Bolsonaro. Este limite está tardio”, diz Marta Suplicy

Os dois

A ex-senadora Marta Suplicy, que defende uma Frente Ampla de oposição contra o bolsonarismo e as bandeiras de extrema-direita, encaminhou nota a seus apoiadores sobre a manifestação de 15 de março, convocada por Jair Bolsonaro com objetivo de pressionar Congresso e STF.

Bolsonaro fez mais um teste: obteve forte reação da sociedade, instituições e indignação de 3 ex-presidentes.

É assim que ele funciona.

Esta chamada para ato de apoio a si próprio contra o Congresso, repleta de auto elogios e pedidos de suporte é mais uma tentativa para obter um termômetro para o golpe que parece urgir contra a Nação.

Tem que ter um basta. Este limite está tardio.

Cabe a nós uma reação na rua assim como institucional mais forte.

Pode não ficar no teste.

Por isso tudo, faz-se inexorável e urgente a necessidade da compreensão e entendimento por parte das oposições, esquerda e liberais de centro, da mais ampla frente democrática para barrarmos a ameaça autoritária no Brasil.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!