“Temer é um homem com data para ser executado pela direita: janeiro de 2019”, diz fonte ligada a PMDB e PSDB

Vai pagar

Um amigo do DCM, com interlocução no PMDB e no PSDB, nos mandou suas observações:

O que mais estou ouvindo da direita envergonhada é a tese de que Temer será julgado logo depois de 2018.

Todo o mundo sabe que ele é um ladrão.

Diferentemente do Lula, perseguido, ou da Dilma, injustiçada, Temer está numa corrida contra o relógio. E ninguém vai ficar ao lado dele.

Temos o DNA do revanchismo. Ele será o nosso bode expiatório.

E o pior: os senadores, principalmente os do Nordeste, não querem nem ouvir falar da reforma da Previdência. Se passar o pacote de maldades, o Temer será queimado vivo após 2018.

Estão dizendo que o país tem de ser preservado e que ele vai responder após a eleição. Será descartado meia hora após o fechamento das urnas.

O Nordeste desaprova por unanimidade o que querem fazer com a Previdência, deputados e principalmente senadores. Temer está mexendo com fogo.                    

Possivelmente, será preso. Hoje falei com um advogado que é da turma dele que me falou isso. Fonte segura. 

É óbvio que tudo vai depender um pouco do clamor popular. Mas ele peitou a Globo, se vendeu ao capital de São Paulo, roubou e é odiado de norte a sul.

O povo está desanimado, mas o ódio está também contido. Até quem o defendeu está puto.

Por que Sergio Reis e Tiririca votaram a favor da denúncia na Câmara? Consciência? Não. Têm uma carreira, não dependem da política e optaram. É sinal de que a coisa está feia.

Se o Temer insistir com a reforma da Previdência, está morto. O povo pode estar decepcionado, mas bobo não é.

O processo contra ele não prescreve. Ele será julgado como cidadão comum tão logo deixe de ser presidente. Se vivo estiver, o que acha que FHC vai dizer sobre isso? Temer vai pagar esse pato.

Que rei foi o mais odiado pelo povo e pagou com a própria cabeça? Esse é o Temer.                       

Ele será jogado à própria sorte. Temer é um aventureiro. Mas o foco, repito, é a reforma da Previdência. O Nordeste abomina. Acha, e com razão, que é coisa de um ganancioso. E senadores de lá — veja o Renan — são 70% da Casa.

Politicamente ele faz isso e desagrada a base. É um homem com data para ser executado por seus pares: janeiro de 2019.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!