Temos que denunciar o atentado contra Cid Gomes como escalada fascista. Por José Luis Fevereiro

Cid Gomes é baleado no peito por policial

Publicado originalmente no perfil de Facebook do autor

POR JOSÉ LUIS FEVEREIRO, membro da Direção Nacional do PSOL

SOBRE O EPISODIO DE SOBRAL

Esta semana ficou marcada pelo motim policial em Sobral no Ceará e pela ação do senador Cid Gomes de confrontar os amotinados que ocupavam o quartel derrubando o alambrado com uma retroescavadeira. Tenho minhas considerações sobre a iniciativa de Cid Gomes.Deixo-as para outra hora .

Nesta hora temos um levante de um grupo da PM do Ceará , que, rejeitando o acordo já negociado por outra parte da PM com o governador, se amotinou e de armas na mão decretou toque de recolher na cidade de Sobral. Sem uniforme e com o rosto coberto com toucas ninja como convem a marginais, partiram para a intimidação e a chantagem dirigidos pelo Bolsonarismo. Achando pouco, resolveram dar 2 tiros num senador da republica.

Não há outra coisa a fazer neste momento, e enquanto ainda temos tempo, que denunciar o atentado como uma escalada fascista rumo á quebra do que nos resta de liberdades democráticas. É disso que se trata. Quem se perde em “veja bem” e ” tem que ver que ” não está entendendo nada do que se passa no Brasil .

Quanto á iniciativa de Cid Gomes ? neste momento não me interessa. No máximo é comparável a uma inversão de lateral no jogo em que o juiz não deu pênalti quando o atacante é assassinado a tiros pelo zagueiro na pequena área.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!