Transformar Moro em traidor e esquerdopata é espantoso, mas não inédito. Por Luis Felipe Miguel

Bolsonaro e Moro

Publicado originalmente no perfil do autor no Facebook

POR LUIS FELIPE MIGUEL, cientista político

Na minha bolha, que evidentemente só tem gente fina, elegante e sincera, está todo mundo boquiaberto com a capacidade dos mínions de, em menos de 24 horas, transformar Moro em traidor, esquerdopata, abortista, comunista e até lulista.

Espantoso, sim, mas não inédito.

Durante anos, Stálin “revelou” que os grandes nomes do partido bolchevique, da Revolução de Outubro, do Exército Vermelho, das ciências e das artes soviéticas, todos eles eram na verdade agentes das potências imperialistas. E, pelo mundo afora, seus fiéis aceitaram. Tem quem continue aceitando até hoje.

Certamente sou um idealista, um ingênuo, talvez um iluminista ou um liberal.

Mas aprendi a desconfiar de qualquer movimento político que sai ganhando quando seus adeptos usam menos, e não mais, as próprias cabeças.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!