VÍDEO: Tribuna da ONU é desinfetada após discurso de Bolsonaro

Após o discurso do presidente Jair Bolsonaro, a tribuna da Assembleia-Geral da ONU precisou ser desinfetada.

Uma mulher apareceu limpando os microfones e o palanque depois do pronunciamento do brasileiro, que foi seguido pelo do presidente dos EUA, Joe Biden.

Ela se esqueceu, porém, de jogar água benta.

Bolsonaro é um dos únicos chefes de Estado que não está vacinado contra a Covid-19.

A cidade de Nova York, onde acontece o evento, exige comprovação de vacinação para circular em espaços públicos fechados.

Após pressão do presidente brasileiro, a ONU informou às comitivas que abriria uma exceção e que não cobraria os atestados.

Diplomata da delegação de Bolsonaro testou positivo para Covid-19

Um jovem diplomata da delegação de Jair Bolsonaro em Nova York testou positivo para Covid-19 neste sábado (18).

A informação é da correspondendete da GloboNews em Washington, Raquel Krahenbuhl.

O presidente está na cidade desde ontem para participar da 76ª Assembleia Geral da ONU.

“A pessoa está hospedada no mesmo hotel do presidente brasileiro, que não está vacinado contra a covid”, disse a repórter em publicação no Twitter.

Leia mais:

1. Bolsonaro tenta vender cloroquina e mente no discurso de abertura da Assembleia Geral da ONU

2. “Mentira descarada”: médico critica abordagem de Bolsonaro sobre a pandemia em discurso em Nova Iorque

3. VÍDEO: Do lado de fora da ONU, brasileiros protestam contra Bolsonaro