Trump, arrogante, só faltou chamar Irã para o próximo ataque. Por Fernando Brito

Donald Trump. Foto: AFP

Publicado originalmente no blog Tijolaço

POR FERNANDO BRITO

A fala de Donald Trump, agora há pouco, caiu no gosto do mercado, mas certamente desagradou os principais governos do mundo.

Trump disse que era hora da França, Alemanha, Reino Unido e China abandonarem o acordo nuclear com o Irã, do qual os EUA saíram em 2018.

Os quatro, exceto o Reino Unido, vinham trabalhando para restabelecer o diálogo com Teerã.

Trump ignorou os conselhos e moderação, provocou os iranianos – “acho que eles estão abatidos depois do [fracasso do] ataque de ontem” – e anunciou, sem especificá-las, novas sanções ao país, já em cerco econômico faz tempo.

A turma do dinheiro gostou e a bolsas começaram a subir e o petróleo a cair, quase 4%, após a fala presidencial.

Até, é claro, a próxima ação do Irã, direta ou através dos grupos que lhe são simpáticos em muitos países árabes.

PS. Não vi a “live” de Bolsonaro assistindo, como cachorro diante de assadeira de frango em padaria, a fala de Trump na Globonews. Espero que tenha se poupado ( e a nós) de bater continência ao final.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!