Trump encerrou o dia como o chefe de um bando de imbecis. Por Igor Fuser

Apoiadores de Trump invadem o Capitólio. Foto: Reprodução

Publicado originalmente no Facebook do autor:

Por Igor Fuser

Joe Biden foi o grande vencedor das jornadas desta quarta-feira.

Apresentou-se como o guardião da legalidade e garantiu uma cerimônia de posse apoteótica no próximo dia 20, em que discursará em defesa da democracia.

Engana-se quem acha que o sistema político estadunidense está desmoralizado.

Ao contrário, mostrou-se capaz de superar tranquilamente este momento de tensão.

Quem se saiu muito mal — não há dúvida quanto a isso — foi mesmo o Trump.

Tentou mostrar protagonismo e encerrou o dia como o chefe de um bando de imbecis.

Agora a briga pra valer é a que ocorrerá no interior do Partido Republicano, que acaba de perder o controle do Senado.

Os caciques republicanos, se quiserem sobreviver como integrantes do mainstream da política, terão de banir os malucos trumpistas ou, ao menos, amarrar uma focinheira na cara deles.

Não será tarefa fácil.

Enquanto isso, Biden se fortalece ao fazer crer que a opção nos EUA é entre ele e o fascismo.

A melhor notícia do dia foi o triunfo do movimento negro, motor da histórica vitória democrata na Geórgia.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!