Tudo em casa: ex-mulher de Vladimir Netto, da Globo, que trabalhou para Moro, vira assessora de Barroso

Giselly Siqueira (Reprodução/Linkedin)

Um portaria do TSE publicada no dia 11 estabele a contratação de Giselly Siqueira como assessora de comunicação do presidente da casa, Luís Roberto Barroso.

Giselly foi casada com o jornalista Vladimir Netto, filho de Míriam Leitão e autor do best seller “Lava Jato – O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil”, que serviu de base para “O Mecanismo”, da Netflix.

Em julho de 2019, ela pediu demissão da assessoria do Ministério da Justiça, então comandado por Sergio Moro.

Antes disso, Giselly deu expediente no Conselho Nacional de Justiça, nas gestões de Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, e no TSE quando Gilmar Mendes o presidia.

Vladimir fez uma selfie famosa com Gilmar, chefe de sua esposa na ocasião, após um encontro “casual” num vôo.

Vladimir Netto feliz de encontrar Gilmar Mendes no avião

Na mesma portaria, é dito que a jornalista Mariana Oliveira assumirá a chefia de Comunicação do STF.

Foi convidada por Luiz Fux, presidente do Supremo.

Mariana é filha do diretor de redação da Istoé, Germano de Oliveira, lavajatista doente, autor de uma selfie vexaminosa no TRF-4 publicada em janeiro de 2018.

Na legenda, ele descrevia a alegria de estar com jornalistas que “levaram Lula para trás das grades”.

Um deles era Vladimir Netto. Germano acabou apagando a postagem, mas o print sobrevive.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!