Um tributo a David Luiz

10544774_10152106056551146_4307608804815679201_n

Faço aqui, em meio às ruínas dos 7 a 1, um elogio a David Luiz,  um dos poucos jogadores que sobreviverão na seleção depois da pior derrota da história da seleção brasileira.

Ele saiu de campo pedindo desculpas para a torcida. Estava chorando. Aos jornalistas, depois do jogo, falou em sua frustração por não poder proporcionar ao sofrido povo brasileiro alegria pelo menos no futebol.

Mostrou, aí, uma virtude pouco alardeada: consciência social.

Ele estava ponderando o seguinte: os alemães já têm tantas coisas, já são um povo tão rico, que pelo menos no futebol podiam ceder as conquistas para países menos afortunados.

David Luiz teve origem humilde, e não se esqueceu dela.

É exatamente pela lógica de David Luiz que declaro aqui minha torcida ampla, total, irrestrita pela Argentina daqui por diante.

Que batam primeiro os privilegiados holandeses e depois os igualmente privilegiados alemães.

Que a grande festa de domingo seja dos descamisados argentinos.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!