URGENTE: Na terra há 11 anos, Acampamento Palmares do MST está cercado por milicianos

MST. Foto: Divulgação/MST

O MST informa no Twitter:

“Famílias acampadas há mais de 11 anos no acampamento Palmares, em Juazeiro (BA), estão cercadas por milicianos. Após reunião com o governo da Bahia, proprietário reiterou decisão de despejar famílias usando a força nesta manhã”.

As famílias, que vivem no local desde 2009, se dedicam a produção de frutas e animais de pequeno porte.

Acampamento Palmares fica no Vale do São Francisco e está sofrendo com um despejo organizado por seguranças particulares ligados ao proprietário da área. Tensão no acampamento começou há cerca de duas semanas, quando o fornecimento de energia elétrica foi interrompido a pedido do então proprietário.

Na última sexta-feira, 19 de março, as famílias denunciaram que três viaturas da Polícia Militar da Bahia acompanhadas do proprietário e sua segurança privada bloquearam a saída de água que atende a área do acampamento, negando o acesso para o consumo e produção. As famílias também relatam terem ouvido tiros em frente ao acampamento. Com o despejo, os ocupantes, que vivem no local há doze anos, ainda não têm para onde ir.

Esse despejo no Acampamento Palmares não é o primeiro na região. Em novembro de 2019, cerca de 900 famílias dos acampamentos Abril Vermelho, em Juazeiro, Bahia, e Iraní, em Casa Nova, sofreram um despejo violento com repressão policial.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!