Vem aí a guerra das milícias. Por Moisés Mendes

O ataque contra Witzel vai deflagrar a guerra de facções no Rio.

Os cariocas vão morrer da pandemia, de fome e das balas perdidas trocadas por milicianos de Bolsonaro e do governador.

O próximo a ser atacado é Doria Júnior. Não percam tempo tentando descobrir onde está o mocinho.

Bolsonaro pegou a bazuca da Polícia Federal para resolver sua guerra contra os governadores.

Os outros que tranquem as portas. A Sicília é aqui.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!