Venezuela denuncia ilegalidade na expulsão de diplomatas. Por Jeferson Miola

Nicolás Maduro e Jair Bolsonaro. Foto: Wikimedia Commons

Publicado originalmente no blog do autor

POR JEFERSON MIOLA

Governo da Venezuela não reconhece a decisão ilegal e unilateral do governo do Brasil e não vai acatar a ordem absurda de retirada de diplomatas do país.  

O Governo da Venezuela denunciou à comunidade internacional a ilegalidade da pressão do governo brasileiro para forçar a saída do seu corpo diplomático e consular do Brasil.

A Venezuela desmente a alegação do Itamaraty de que o procedimento decorre de “supostas negociações prévias, que nunca foram celebradas”.

No comunicado, o governo venezuelano também denuncia “as graves consequências que graças a atitudes negacionistas” do governo Bolsonaro “sofre o povo o brasileiro ao ver trasladado ao Brasil o epicentro da pandemia do COVID-19 na América Latina”.

A Venezuela não reconhece a decisão unilateral do governo Bolsonaro e ensina aos lunáticos do Itamaraty que desempenham a mundialmente chamada “diplomacia da vergonha”, que “o direito internacional é claro acerca dos mecanismos que dispõem os países para resolver suas diferenças em matéria de relações diplomáticas e consulares, sendo a Convenção de Viena a que determina os procedimentos para declarar a inadmissibilidade dos agentes diplomáticos e consulares, assim como o regime derivado da administração das sedes consulares a custódia dos bens y arquivos, nada do qual foi negociado em nenhum momento entre os governos de Brasil e Venezuela”.

Amparado no direito internacional, o governo venezuelano comunica que “o pessoal diplomático e consular da Venezuela no Brasil não abandonará suas funções sob subterfúgios alheios ao direito internacional”.

No comunicado, o governo venezuelano denuncia, ainda, que o único propósito do governo do Brasil é “enganar a opinião pública do país para dissimular sua aberta subordinação ao governo estadunidense que hoje rege a outrora prestigiosa política exterior brasileira”.

Comunicado: Personal Diplomático en Brasil

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!