Vera Magalhães não é uma jornalista, é uma figura medíocre, preconceituosa e vulgar. Por Cláudio Guedes

Vera Magalhães

“Se afoitos e ingênuos querem ser o sapo da travessia do escorpião, o Roda Viva não será essa jangada. Vamos seguir fazendo jornalismo de serviço e relevância, ouvindo quem tem o que dizer nesse momento grave do país.”

“Não vai usar o programa para retomar uma polarização nefasta ao país.”

São frases da jornalista (sic) Vera Magalhães, do Estadão e apresentadora do Roda Viva da TV Cultura, ao responder a pedidos para que convidasse o ex-presidente Lula ao programa.

Para Vera, Lula é um escorpião.

Claro que é um detalhe que o ex-presidente comandou o pais por oito (8) anos e foi o presidente melhor avaliado na história do país.

Claro que é um detalhe que Lula é o líder político do maior partido do país em militância e em número de deputados no Congresso Nacional.

Claro que é um detalhe que Luis Inácio Lula da Silva é alvo de um processo jurídico, ainda não finalizado, muito polêmico e muito questionado por renomados juristas nacionais e internacionais e por grande parte do país.

Claro que Lula como liderança política polariza o país.
Mas qual líder político não é uma figura polêmica? Qual líder político de relevância nacional ou internacional não é polarizador de opiniões e apoios? Donald Trump? Jair Bolsonaro? Ciro Gomes? Boris Johnson? Não são “polarizadores”?

Respondendo a primeira pergunta: Vera Magalhães não é uma jornalista. É uma figura medíocre, preconceituosa e vulgar.

Respondendo a segunda pergunta: Vera Magalhães não merece respeito. Só merece respeito quem respeita a diferença, a diversidade.

.x.x.x.

Texto publicado no Facebook de Fernando Morais.

.x.x.x.

PS: A jornalista (sic) não sabe a diferença entre o princípio constitucional da presunção de inocência e prisão domiciliar. Confundiu tudo, e desinformou seu público ao escrever que Lula se encontrava em prisão domiciliar. Não. Ele não está preso porque ainda vigora no Brasil a Constituição, que assegura aquele princípio.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!