VÍDEO – Apresentadora de TV da Argentina lamenta morte de “Shakespeare” após tomar vacina: “Um mestre”

Shakespeare: “Onde não há prazer, não há proveito”

Um canal de TV da Argentina deu um furo histórico na noite de quinta quando relatou que William Shakespeare, “um dos escritores mais importantes da língua inglesa”, havia morrido cinco meses depois de receber a vacina contra covid-19.

Noelia Novillo, apresentadora do Canal 26, confundiu o Bardo com William “Bill” Shakespeare, um senhor de 81 anos que se tornou a segunda pessoa no mundo a tomar o imunizante da Pfizer.

O escritor morreu em 1616, enquanto seu homônimo estava internado na enfermaria de um hospital universitário em Coventry, no Reino Unido.

“Há notícias que nos deixam perplexos, dada a grandeza desse homem”, disse ela. “Estamos falando de William Shakespeare e sua morte”.

“Como todos sabemos, ele é um dos escritores mais importantes da língua inglesa – para mim, o mestre. Aqui está ele”, lamentou Noelia.