VÍDEO: Bolsonarista que agrediu enfermeiras provoca manifestantes no DF e tem o celular chutado

Atualizado em 20 de maio de 2020 às 16:18

Ocupada nos últimos dias por bolsonaritas, a praça dos Três Poderes, em Brasília, recebeu na manhã desta quarta-feira um grupo de manifestantes pela democracia.

Houve um confusão com Renan da Silva Sena, que no dia 1º de maio agrediu enfermeiras que protestavam no mesmo lugar.

Um ativista o encarou e chutou o celular do covarde, que foi protegido pela segurança da Presidência.

O Trompetista diz que foi ele o autor do merecido pontapé.