VÍDEO: Boulos mostra o cemitério de esqueletos de obras em que os tucanos transformaram SP

As brincadeiras com o dinheiro público na principal e mais rica capital do país começaram com Serra (2005-2006), seguiram com Kassab e deram continuidade de forma frenética sob o comando de João Doria e Bruno Covas.

O esqueleto do monotrilho é o exemplo clássico.

Vai passar de uma década que o esqueleto gigantesco dorme inerte sem que ninguém se importe (Imagem: reprodução)

Idealizado com Serra no comando do governo do Estado  – foi Goldman no exercício da função, após Serra se licenciar para disputar a presidência, em 2010, quem assinou o contrato – e Kassab na prefeitura, serpenteia as zonas Sul e Leste de forma indecente.

A obra foi paralisada inclusive porque se descobriu que países que tinham adotado esse modelo de transporte largaram mão, após constatar sua ineficiência, e puseram tudo abaixo.

Nem para isso a dupla Bruno e Doria serviu.

O esqueleto está lá, para todo mundo ver, exibindo de forma escancarada o descaso com o dinheiro público e a imoralidade da gestão.

E isso não é tudo. Assista o vídeo e veja que tem muito mais.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!