VÍDEO: Deputado diz ao ministro da Cultura que a mãe dele deveria ser exposta de “perna aberta” em museu

 

Na Comissão de Segurança Pública da Câmara, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e o deputado Givaldo Carimbão quase chegaram às vias de fato.

Carimbão, presidente da Frente Parlamentar Mista Católica Apostólica Romana (isso existe), se lembrou de uma exposição de arte em que a imagem de Nossa Senhora era explorada — isso segundo sua mente doentia.

“Eu queria que fosse com a mãe do ministro”, falou Carimbão. “Eu queria pegar a mãe do ministro e colocar com as pernas abertas”.

Leitão se levantou para deixar a sessão e, exaltado, pediu respeito à mãe falecida, “que merece todo respeito”.

Os ânimos se exaltaram até que o presidente da comissão, Alberto Fraga, pediu que as ofensas fossem retiradas das notas taquigráficas e encerrou a sessão.

O ministro já havia se acovardado diante do deputado Sóstenes Cavalcante, da bancada evangélica, que reuniu parlamentares para reclamar da inação do MinC no caso da performance “pedófila” no MAM.

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

COMPARTILHAR
Diretor do Diário do Centro do Mundo. Jornalista e músico. Foi fundador e diretor de redação da Revista Alfa; editor da Veja São Paulo; diretor de redação da Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas.