Vídeo do próprio Bolsonaro mostra que ele mentiu também sobre número de contatos no seu WhatsApp

Atualizado em 28 de fevereiro de 2020 às 13:37

“Tenho no WhatsApp algumas poucas dezenas de amigos onde, de forma reservada, trocamos mensagens de cunho pessoal”, escreveu Bolsonaro no Twitter após o caso do vídeo anti-Congresso.

Numa live psicótica feita na quinta, dia 27, ele alegou que seu WhatsApp tem “ministros, algumas personalidades, talvez não passe de 50, 60 (pessoas)”.

É mais uma mentira do rei das fake news.

Num vídeo do segundo semestre de 2018, que posto abaixo, o então candidato aparecia mostrando a sua lista de contatos, todo orgulhoso.

Centenas de nomes pipocam na tela do aparelho.

Ele faz uma ironia ao final, com um sorriso sarcástico: “Daqui a pouquinho vou responder todo mundo, talquei? Só vou ali tomar um café”.

Eis o malandro agulha: