VÍDEO: “Eles gritavam Bolsonaro presidente”, diz advogada vítima de atentado no acampamento em Curitiba

A advogada Marcia Koakoski da Silveira, baleada no Acampamento Marisa Letícia, em Curitiba, conversou com sua colega Tânia Mandarino sobre como foi o ataque.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!