VÍDEO – Em live, Bolsonaro sugere armação no caso do militar preso com drogas: “É muita coincidência”

Em sua live semanal, sugestão do guru Olavo Bolsonaro, Jair Bolsonaro sugeriu que há algo por trás da prisão de um sargento em Sevilha com 39 quilos de cocaína.

Manoel Silva Rodrigues fazia parte da comitiva presidencial do G-20.

“É muita coincidência”, disse ele ao lado do general Heleno, ambos visivelmente tensos e só tentando se explicar.

Segundo Heleno, o passeio com parada na churrascaria no Japão foi para “divulgar as carnes brasileiras”.

Logo mais o Carluxo põe Adélio Bispo de Oliveira e o PSOL na jogada.

Segundo Sergio Moro, o caso é uma “exceção ínfima” na FAB. Para a polícia espanhola, é tráfico internacional, mesmo.

Durante a transmissão, Bolsonaro também resumiu sua missão no Oriente: vender bijuteria de nióbio. É sério.

Vou ficar devendo o nome do outro estafeta, mas não vem ao caso.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, June 27, 2019

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!