VÍDEO: “Essa gente anda fumando erva estragada”, diz Gilmar sobre a Lava Jato

Ministro Gilmar Mendes declara voto a favor da suspeição de Moro na sessão da 2ª Turma do STF Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

Publicado originalmente no site Migalhas

Na tarde desta terça-feira, 6, a 2ª turma do STF julgou a suspensão de ação penal contra o contra ministro do TCU Vital do Rêgo Filho, denunciado no âmbito da Lava Jato pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Hoje, o ministro Gilmar Mendes votou pelo arquivamento das investigações e pelo trancamento da ação penal e aproveitou para criticar a denúncia costurada contra o ministro do TCU.

De acordo com Gilmar, o MP não conseguiu demonstrar o recebimento de recurso financeiro indevido e, além disse, se utilizou de fatos descontextualizados e desconexos para tentar fechar o cerco contra Vital do Rêgo Filho.

O ministro ainda disse: “Os autores dessa denúncia andam bebendo e fumando coisas estragadas”. Gilmar Mendes também afirmou que a denúncia estava “confusa” e a relacionou com o ex-PGR Rodrigo Janot e o problema com o alcoolismo:

“Se a denúncia tivesse sido escrita pelo antigo procurador Janot, nós diríamos: ah! estava naquele estado, estava alcoolizado. Mas não, não se trata de uma denúncia oferecida por Janot, mas é uma denúncia confusa.”

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!