VÍDEO: jornalista de rádio do RS se demite ao vivo após ser impedido de entrevistar Bolsonaro

Juremir Machado. Foto: Reprodução/YouTube

O presidenciável Jair Bolsonaro deu uma entrevista para a Rádio Guaíba nesta terça (23). O ator Fernando Waschburger fez um relato no Facebook sobre a demissão do jornalista Juremir Machado ao vivo nesta manhã:

BOMBA!

Juremir acaba de se demitir do programa do Rogério Mendelski. Bolsonaro deu entrevista para o programa, ao vivo, com a exigência de que só falaria para Mendelski, tendo os demais jornalistas da bancada que permanecer em silêncio. Lá estavam Jurandir Soares, o Voltaire e Juremir. O âncora do Programa não passou a palavra para ninguém e fez uma entrevista “papai e mamãe”.

Após a despedida do candidato, Juremir perguntou: posso dizer que fui censurado? Mendelski respondeu, claro que não…foi uma exigência do Bolsonaro. Normal.

Então Juremir disse: me sinto humilhado, obrigado a audiência pelos 10 anos que estive aqui e me despeço agora e saiu.

Jurandir Soares disse que achou normal não poder falar e deu razão a Mendelski, que perguntou a Voltaire se ele tinha se incomodado. Voltaire respondeu: preciso do meu emprego.

Juremir, um jornalista que não é sabujo.

Na Guaíba, Mendelski lamentou a demissão do colega e ter sido acusado de “passar mão em fascista”. Diz que espera ele na emissora amanhã.

Assista um vídeo da gravação que mostra Juremir se demitindo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!