VÍDEO: Malafaia critica Bolsonaro por indicar Nunes e apresenta lista tríplice de ‘terrivelmente evangélicos’

Nesta segunda (05), após antecipar que lançaria uma ‘bomba’ sobre a indicação do desembargador Kássio Nunes ao Supremo Tribunal Federal, o pastor Silas Malafaia publicou um vídeo em suas redes sociais criticando o presidente Jair Bolsonaro por indicar alguém ligado ao Partido dos Trabalhadores (PT) e não declaradamente ‘conservador’ e de ‘direita’.

O religioso contou que já sabia que o “terrivelmente evangélico”, prometido por Bolsonaro, seria indicado para uma próxima vaga, mas relatou surpresa com a indicação de Kássio Nunes.

Ele também revelou que uma lista tríplice de nomes sugeridos por lideranças religiosas foi entregue ao presidente, contendo os nomes de Jackson di Domenico (advogado, desembargador aposentado), José Eduardo Sabo Paes (integrante do Ministério Público Federal, em Brasília) e William Douglas (juiz federal).

O pastor afirmou ainda que 95% das lideranças evangélicas aprovaram a lista, sendo o maior apoio ao juiz federal William Douglas.

Malafaia declarou que a escolha de Bolsonaro por Kássio frustou os eleitores de Bolsonaro, criticou os posicionamentos do desembargador em relação ao aborto, ideologia de gênero e casamento gay.

“Eu apoio Bolsonaro, mas penso. Apoiar não é ser subserviente”, diz Malafaia. Ele lamentou que o presidente tenha virado “cabo eleitoral” e “advogado” de indicado do STF.

Veja:

A VERDADE! A indicação de Bolsonaro para o STF e a minha posição sobre a questão. VOU CITAR NOMES!

Publicado por Silas Malafaia em Segunda-feira, 5 de outubro de 2020