VÍDEO – “Manda esse nego criar tipo”: pastor faz ataque racista à colega e deve ser denunciado à Justiça

Renan Lopes é um pregador popular no meio evangélico e apareceu em foto com a família em uma praia com argila no rosto. “É medicinal”, conta. Mas outro pastor, de Brasília, entendeu que ele estava violando costumes da igreja e enviou mensagem a assessores de Renan.

– Manda esse nego criar tipo, aqui em Brasília. No Brasil somos 2 mil igrejas já não prega mais. É uma falta de respeito muito grande. Respeite os costumes da igreja, isso é uma desgraça muito grande. – escreveu o pastor em conversa com a assessoria de Renan.

O pastor alvo de racismo encaminho o caso à advogada e deve recorrer à Justiça.

Para proteger a imagem da igreja chefiada pelo autor da ofensa, ele não divulgou o nome do pastor de Brasília.