VÍDEO – “Moro estaria preso se pacote das 10 medidas anticorrupção tivesse sido aprovado”, diz Maia

Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, transmitida pelo UOL nesta terça-feira (23), o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia falou sobre os escândalos envolvendo a Lava Jato.

Segundo Maia, Sergio Moro, Deltan Dallagnol os procuradores da força-tarefa de Curitiba estariam em cana se ele tivesse aprovado, em 2019, o “pacote anticrime” do então ministro da Justiça de Bolsonaro.

Os decretos propostos por Moro incluíam a legitimação da prova ilícita de boa-fé, ou seja, todas as provas adquiridas pelo jornal The Intercept contra ele e seus capangas seriam consideradas legais.

“No início do governo, o todo poderoso ministro da Justiça [Moro] me pressionou para aprovar, do jeito que eles queriam, as 10 medidas que acabavam com a corrupção. Aliás, se a gente [o Congresso] tivesse aprovado as medidas, eles estariam todos presos”, disse Rodrigo Maia.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!