VÍDEO: “Não é legal, como dizem os jovens”, diz Gilmar sobre o Pleno decidir suspeição de Moro

 

No julgamento realizado na tarde desta quinta-feira (22) sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro nos casos do ex-presidente Lula, o ministro Gilmar Mendes afirmou que “não é decente” o plenário do STF julgar uma questão já deliberada pela 2ª turma.

Em seu voto, Mendes relembrou seu voto em 2018, quando se iniciou o julgamento do caso, em que ele propôs que o habeas corpus fosse votado no plenário. Mas por 3 votos a 2, a 2a. Turma deliberou não levar o julgamento ao plenário.

O ministro afirmou que “não fica bem uma subversão processual dessa ordem. Não é decente. Não é legal, como dizem os jovens”

Confira no vídeo abaixo:

 

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!