VÍDEO: “Não me convenceram ainda”, diz Bolsonaro, numa pilha de mortos, sobre o lockdown

“Não me convenceram ainda”, diz Bolsonaro, numa pilha de mortos, sobre o lockdown. Foto: Reprodução/Twitter

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse em solenidade no Palácio do Planalto que apoiaria um lockdown nacional. Se tivesse certeza de que a medida seria decisiva para acabar com a pandemia do novo coronavírus.

ENTENDA – Bolsonaro topa lockdown de 30 dias se isso for acabar com o coronavírus

“Se ficar em lockdown 30 dias e acabar com o vírus, eu topo. Mas eu sei que isso não vai acabar (com o vírus). Pesquisas sérias nos Estados Unidos mostram que a maior parte da população contraiu o vírus em casa”.

MAIS: VÍDEO – com hospitais cheios no DF, corpos de mortos por covid são deixados no chão e em corredores

Ou seja, ele não está convencido de nada.

“Eu devo mudar meu discurso? Eu devo me tornar mais maleável? Eu devo ceder? Fazer igual à grande maioria? Se me convencerem do contrário, eu faço. Mas não me convenceram ainda”.

Enquanto isso, o Brasil se aproxima de 300 mil mortes na pandemia.

Veja o vídeo.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!