VÍDEO – Natália Pasternak se irrita com a irresponsabilidade do jornalismo da Cultura: “Tem gente morrendo!”

O Jornal da Cultura levou uma dura ao vivo da microbiologista Natália Pasternak, fundadora do Instituto Questão de Ciência, depois de exibir uma reportagem “inoportuna” sobre como as pessoas devem reagir diante da irresponsabilidade daqueles que colocam a vida dos outros em risco, ao não respeitarem dois dos três únicos meios de evitar a transmissão da doença: o distanciamento social e o uso de máscara. O terceiro meio é a higiene pessoal — lavar a mão com água e sabão ou usar álcool a 70%.

A reportagem tentou ser engraçada e ouviu até consultora de etiqueta para saber como a pessoa deve reagir. “Acho que você pode dizer para ela (pessoa que não usa máscara): ‘olha, talvez você já tenha se contaminado com a covid, eu ainda não. Eu estou me precavendo, estou longe de você porque quem sou eu para pedir a você que coloque sua máscara? Eu prefiro que a gente conversa à distância. Se você topa, ok. Se não, eu vou ficar fugindo de você a noite inteira. A gente vai ficar brincando de Tom & Jerry'”, disse a consultora Célia Leão.

A repórter, então, arrematou:

“Reduzir a carga emocional de um ano tão difícil é a melhor forma de iniciar o próximo”.

Por fim, a reportagem destaca a frase da mestre em Psicologia Deborah Moss:

“Se a gente não pode ainda ser imunizado ao vírus, mas pelo menos ao estresse a gente precisa se poupar pra chegar firme e forte ao momento da vacina”.

A apresentadora do jornal pediu, então, que Natália Pasternak, que estava no estúdio, comentasse a reportagem, e ela não teve papas na língua.

“Poucas vezes vi uma reportagem tão inoportuna”, afirmou. Quase chorando, ela lembrou: “Tem gente morrendo!”

O Jornal da Cultura publicou o vídeo em seu site, com uma mentira. Disse: “Natalia Pasternak demonstra irritação com pessoas que ainda não usam máscara”.

Não, ela ficou irritada com a irresponsabilidade do jornalismo da emissora.

Espera-se agora que a Cultura tenha humildade e não vete a presença de Natália Pasternak no seu principal programa de notícias.

Natália é um dos quadros mais importantes na orientação correta à população sobre como enfrentar a pandemia.

Tem gente morrendo, Cultura!

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!