VÍDEO: O novo capítulo da websérie sobre a caravana de Lula no NE

Soberania Popular é o décimo episódio da websérie “O Povo Pode”, sobre a caravana do ex-presidente Lula no Nordeste, que está sendo financiada por crowdfunding. Veja os demais aqui.

Por Isabella Chedid e Luiz Augusto de Paula Souza (Tuto)

A suspensão da soberania popular com o impeachment sem crime de responsabilidade de Dilma Rousseff abriu largo caminho para a implantação de uma agenda entreguista que, combinada com a galopante retirada de direitos e o desmonte de políticas sociais, amplia drasticamente nossa vulnerabilidade interna e externa, em um momento de graves crises política, econômica e institucional.

No contexto de privatização de bens estratégicos e de riquezas naturais, lá se vão o nosso petróleo, as empresas de geração de energia, de telecomunicações, as terras, até a água corre o risco de privatização.

De entrega em entrega ao capital privado – nacional e transnacional – em nome e sob o pretexto do ajuste fiscal, o atual governo compromete a autonomia brasileira e as possibilidades de um projeto de país/nação para todos.

Para Roberto Romano, professor de Ética e Filosofia na Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, esse não é um sintoma exclusivamente nosso.  Em entrevista ao Instituto Humanitas Unisinos, ele afirmou: “Mundo e Brasil estão grávidos de fascismo, novamente. Sem dinheiro em caixa, os genocidas de boa consciência anunciam sempre uma idêntica mezinha caseira: a privatização de tudo, inclusive da água. Tudo se transforma em moeda corrente nos cofres dos governos, nada escapa à fúria privatista, que aumenta a miséria das multidões em favor dos poucos abençoados pela riqueza e poder.”

Esse triste cenário está registrado no capítulo Soberania Nacional da web-série do filme “O Povo Pode” – do cineasta Max Alvim –, que fez um mergulho profundo no Brasil, acompanhando a caravana do presidente Lula pelo Nordeste.

Em um momento do capítulo o ex-presidente Lula discursa para a população: “Esta gente que está lá não está apenas destruindo uma ou outra politica pública que nós fizemos, eles estão tentando vender o nosso país, vendendo a Petrobras, destruindo o BNDES, tentando destruir o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, vendendo a Eletrobras e jogando a culpa em cima do coitado do aposentado brasileiro que não tem responsabilidade pela desgraça do país.” Em outra parte, a jovem camponesa Vani Souza resume a angústia de um povo: “Nós, camponeses, precisamos ter esse olhar cuidadoso pra não sermos destruídos, porque em 64 nós fomos massacrados e agora a reforma da previdência é um dos massacres pra nós!”

Em plano sequência, caminhado com enxada nas costas, temos o desabafo indignado e o desafio do agricultor João Pires: “e tem aquele tal de Michel Temer inventando que um roceiro agricultor tem que se aposentar com 80 anos, o agricultor não chega a 80 anos …era para trazer o Michel Temer aqui, encarar uma rotina destas, trabalhar o dia, ver se aguenta 80 anos, ver se com 80 anos se ele está de pé!”

Estas são mais algumas das muitas histórias de pessoas agora retratadas em todos os 12 capítulos da websérie e do longa metragem “O Povo Pode”, financiado por crowdfunding aqui no DCM.

O trabalho precisa ser finalizado e, para isso, contamos com você.

 

 

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!