Vídeo: os melhores momentos da cacetada do Galo no Tricolor

Ronaldinho Gaúcho e Jô no massacre da serra elétrica em Minas
Ronaldinho Gaúcho e Jô no massacre da serra elétrica em Minas

Eis uma noite a esquecer para os são-paulinos, habituados a grandes jornadas na Libertadores.

(Os melhores momentos estão aqui.)

No segundo e decisivo jogo pela definição de uma vaga nas quartas de final da Libertadores, o Galo goleou em casa o São Paulo por 4 a 1.

No agregado, contadas as duas partidas, o placar foi 6 a 2.

Jô, que no Corinthians se notabilizou por perder gols absurdos, fez três.

Ronaldinho Gaúcho, mesmo com sua barriga de seis meses de gravidez destacada pela camisa fora o calção, deu um baile.

Como o Santos contra o Barcelona naquela memorável final do Mundial, foi um caso em que a goleada saiu barato.

Nos melhores momentos, você pode perceber que o placar moral foi 7 a 1.

A próxima vítima do Galo, forte favorito ao título, deve ser o Palmeiras — a não ser que Sobrenatural de Almeida se manifeste em favor do Verdão.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!