VÍDEO: Papa pede oração pelas 272 vítimas de Brumadinho e faz um apelo para recuperar “nossa casa comum”

Da Rede Brasil Atual

São Paulo – O papa Francisco divulgou hoje (25) mensagem em que relembra o primeiro ano do crime socioambiental da Vale, que deixou 272 mortos, 11 desaparecidos, contaminou o rio Paraopeba e prejudicou a atividade de pesca, que traz o sustento para mais de 300 pessoas.

“Neste primeiro aniversário da tragédia de Brumadinho, rezemos pelos 272 irmãos e irmãs que foram soterrados. E lamentamos a contaminação de toda a bacia fluvial”, disse. Na mensagem, o pontífice não menciona dados oficiais, e sim dos atingidos, que consideram as duas gestantes mortas pelo rompimento da barragem no Córrego do Feijão.

Nesta semana, o Ministério Público estadual de Minas Gerais denunciou a  por homicídio duplamente qualificado, o ex-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, 11 funcionários da mineradora e cinco da empresa de certificação, testes e inspeções Tüv Süd, que atestou a segurança da barragem.

.Assista:

.x.x.x.

PS: O papa Francisco cita como número de vítimas 272 e não 270, como é o balanço oficial. Ele considera os dois bebês de duas gestantes mortas como vítimas, de acordo com o que o entendimento também das organizações que defendem os direitos dos atingidos pelo crime da Vale.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!