VÍDEO: Pastor do Paraná que chamou fiéis negros de “meio sujos” e “encardidos” pede perdão

 

Ver essa foto no Instagram

 

⚠️ NOTA DE ESCLARECIMENTO⚠️ ⚠️PEDIDO DE PERDÃO⚠️ #Pedido #Perdão #nota #esclarecimento #erro #toledo #brasil #noracismo #nãoracismo

Uma publicação compartilhada por Rodrigo dos Santos (@pr.rodrigodossantos) em

O pastor Rodrigo dos Santos, que disse na semana passada que os fiéis mais pobres da igreja onde ele conheceu sua esposa eram “encardidos”, “meio sujos”, voltou à rede para pedir desculpas.

“Não é minha intenção magoar, ofender alguém e de forma alguma ser racista, mas agi com palavras infantis. Estou aqui para repugnar minha atitude grosseira e pedir perdão a todas as pessoas que tenho ofendido, em especial à comunidade negra”, disse.

No video que motivou o pedido de perdão, ele conta que conheceu Jéssica na Igreja Batista do Calvário em Toledo, no Paraná. Na gravação original, ele depreciou as pessoas que frequentavam igreja e contou que a esposa, loira, se destacou.

Ao falar que os fiéis eram “encardidos”, ouviu da mulher: “Moreno, queimado do sol”. Ou seja, negros.

 

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!