VÍDEO: Paulo “Tchuthuca” Guedes diz que a culpa dos cancelamentos do evento pró-Bolsonaro em Nova York é do prefeito

Paulo “Tchutchuca” Guedes

Paulo Guedes foi entrevistado na GloboNews naquele formato de rodinha em que todo mundo fala, mas só a Míriam Leitão e o Merval aparecem.

A alturas tantas, deu seu parecer sobre o caso do evento em homenagem a Jair Bolsonaro em Nova York.

Primeiro Jair e a turma foram despejados do Museu de História Natural e em seguida rejeitados do restaurante Cipriani.

A culpa, segundo o ex-superministro da Economia, hoje tchutchuca, é do prefeito de Bill de Blasio.

Blasio é “democrata” — ou seja, comunista — e “quer atacar o Trump, que abraçou Bolsonaro”, relata Guedes.

“Resultado: tá cheio de lugar querendo o evento de Bolsonaro. Até o museu quer rever a decisão, mas nós falamos ‘não queremos mais’.” 

(Essa é um clássico do pós-pé-na-bunda: fulana está me implorando para voltar).

É difícil acreditar que o museu tentou voltar atrás na decisão, mas vamos dar de barato que é verdade.

Esse monte de locais querendo Bolsonaro vai aparecer?

Por que não surgiu um mísero nome?

A única explicação possível é que Paulo Guedes e os amigos da Câmara de Comércio Brasil-EUA estão preparando uma festa-surpresa para Jair.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!