VÍDEO: PM atira bombas de gás em professores que protestam em frente à Câmara Municipal de SP

FOTOS E VÍDEO DE JOSÉ ROBERTO NOGUEIRA

A Câmara de Vereadores de São Paulo foi fechada para o acesso ao público, no final da manhã de quarta-feira, dia 14, após professores da rede pública municipal serem atacados pela PM.

Eles protestam no local desde a noite de terça e acamparam na calçada com oito barracas.

No protesto, os docentes, apoiados por servidores de outras áreas —como saúde, cultura e assistência social — gritavam “se votar, não vai voltar” para os políticos.

A greve dura seis dias. Os servidores protestam contra o projeto na Câmara que propõe mudanças na Previdência dos funcionários do município.

Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui.

Clique aqui e assine nosso canal no youtube

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!