VÍDEO: Policial mostra como Sara Winter tenta montar grupo paramilitar dos “300” para defender Bolsonaro

O policial antifascista Leonel Radde. Foto: Reprodução/Twitter

Do policial antifascista Leonel Radde no Twitter:

Esta é a realidade sobre Sara Winter e o grupo paramilitar 300 do Brasil. É a escalada aberta do fascismo e do neonazismo, influenciados por organizações ucranianas de extrema direita. É um crime frontal contra a segurança nacional, apoiados por Bolsonaro. Extremamente grave!

São quatro vídeos. Assista.

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!