VÍDEO: Protestos contra a reforma tributária na Colômbia acabam com repressão policial e tiroteio

Reprodução

Neste sábado (02), o presidente da Colômbia, Iván Duque, anuncioua mobilização de militares nas ruas das principais cidades do país para conter protestos contra a reforma tributária. Duque está tentando realizar uma reforma tributária com a qual possa aliviar o rombo que a pandemia deixou na economia.

A intensidade das manifestações aumentou desde quarta-feira, quando foi convocada uma greve nacional, que teve mais apoio do que o esperado, já que a Colômbia vive o pior momento da pandemia.

Em Cedritos, bairro ao Norte de Bogotá onde o presidente Duque tem um apartamento, a tropa de choque foi enviada para impedir o protesto, que avançou batendo panelas. Os policiais usaram gás lacrimogêneo para dispersar a multidão. Caminhões e veículos bloquearam as pistas para interromper o tráfego.

Ocorreram incidentes entre policiais e manifestantes nas principais cidades, com saldo de mais de 330 policiais feridos e 249 detidos sob a acusação de vandalismo.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, semelhante a um cenário de guerras, os militares deixam em alertas os manifestantes e os moradores de Bogotá com repressão policial e muito tiroteio.

Confira abaixo:

O jornalismo do DCM precisa de você para continuar marcando ponto na vida nacional. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de R$ 10, você pode fazer a diferença. Muito Obrigado!