VÍDEO: Reitor da UFSM responde Heinze e lamenta que a universidade não consegue ensinar “caráter”

Paulo Burmann rebate fala de Heinze e diz que a universidade não consegue ensinar “caráter”. Foto: Reprodução

Paulo Burmann, reitor da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), respondeu o senador Luiz Carlos Heinze, que havia dito que sentia “vergonha” de ter estudado na instituição:

“Tem coisas que nós não conseguimos ensinar na universidade, o caráter é uma delas. A ética a gente ainda consegue trabalhar, um pouco, mas o caráter nós não conseguimos. As pessoas têm ou não tem, elas aperfeiçoam com o tempo, mas têm que ter uma semente forte disso”.

A fala ocorreu durante reunião do Conselho Universitário (CONSU) da instituição nesta sexta (25).

O reitor ainda lembrou que o curso feito pelo senador na década de 1970, agronomia, é ainda hoje um dos melhores do país.

“Eu estudei em Santa Maria nos anos 70. Tenho vergonha da minha escola. Dos cursos de Agronomia mais renomados, hoje perde para Lavras do Sul e Piracicaba, outras escolas, porque não tem ideologia lá. E na minha escola, onde eu me formei, tem ideologia”, disse o senador durante o depoimento de Pedro Hallal, nesta quinta (24).

“Felizmente nós temos a democracia, alguma coisa do que resta dela precisa ser preservada nesta universidade”, respondeu o reitor.