VÍDEO: Secretário do Ministério da Saúde assume autoria de áudio a Paolo Zanotto

O secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde, Helio Angotti, assumiu a autoria de áudio enviado a Paolo Zanotto, membro do “gabinete das sombras”.

A gravação havia sido atribuída a Arthur Weintraub, então assessor especial da Presidência.

No áudio, Angotti se oferece para financiar estudos e pesquisas sobre o “tratamento precoce” sem a necessidade de editais.

“Qualquer proposta, ou indicação de necessidade para custeio de pesquisa e tudo, normalmente a gente vai pelo caminho de editais, mas em alguns casos em especial, a equipe pode avaliar”, diz o secretário a Zanotto.

Após a publicação do áudio erroneamente atribuído a Weintraub, Angotti se pronunciou e disse que fez um “convite” para que o virologista enviasse um e-mail a sua equipe:

“No áudio, eu faço um convite ao professor doutor Paolo Zanotto para que ele envie o projeto de pesquisa para que a nossa equipe técnica avalie”.

“Acabou que ele nem enviou o projeto, não houve avaliação nenhuma, mas houve, sim, o convite, que faz parte da missão institucional da nossa secretaria: dialogar com a comunidade científica, com a comunidade acadêmica, avaliar projetos de pesquisas e lançar editais”, prossegue.

Ele, no entanto, afirma que o áudio foi manipulado para criar uma suposta narrativa contra a honra de Arthur Weintraub e Paolo Zanotto:

“Infelizmente, este áudio foi distorcido, foi descontextualizado e tentaram criar uma narrativa falsa, uma fake news, sobre um suposto ‘ministério paralelo'”.